sábado, 21 de abril de 2012

Junkers J10

j10Junkers_J_11_(CLS.I)junkers_cli
Também denominado CLI o J10 trata-se de um avião monoplano Alemão de ataque ao solo que surgiu ao final da guerra. Foi construído em conjunto pelas Empresas Fokker e Junkers que entregaram 47 exemplares antes do término do conflito, sendo que, três deles, foram construídos como hidroaviões (J11) sob a designação de CLS.I. Era uma aeronave ideal para o apoio a Infantaria, pois dava relativa segurança aos seus ocupantes contra o fogo inimigo quando efetuava ataques à baixa altitude devido sua construção e revestimento serem feitos em metal e alumínio corrugado. Outro fator relevante era que poderia ficar estacionado fora de hangares por vários dias ao contrário das aeronaves com revestimento de lona e madeira que, expostas ao ar livre em períodos prolongados, se deterioravam com facilidade. Isto poupava bastante tempo para que as guarnições colocassem o CL I em condições de combate e também dava menos manutenção. Devido a estas características creio que deva ter sido o melhor projeto Alemão de avião para ataque ao solo feito durante a Guerra, porém chegou tarde demais para ter alguma influência no desenrolar final do conflito. Como armamento possuía 03 metralhadoras LMG 08/15 de 7,92 mm e capacidade para 50 kg de bombas.
Peso: 1.135 kg
Motor: BMW IIIa (J10) – Benz Bz IIIa (J11)
Envergadura: 12,02 m
Comprimento: 7,20 m
Área Alar: 23,00 m²
Velocidade Máxima: 190 km/h
Teto Serviço: 6.000 m

Nenhum comentário:

Postar um comentário